Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Tudo o que eu falei dormindo, eu sempre quis dizer de dia ♪

             Não sei se é mania, não sei se é hábito. Não sei se sou a única a perceber, mas a maioria das pessoas não falam para as outras o quanto elas importam. Por que não dizer "eu te amo"? Por que sentir medo de falar de sentimentos? Existem pessoas que completam nossas vidas, que nos deixam melhor, que nos abraçam e trazem alegria, que são nossas luzes, nosso chão. Tem aquela pessoa que te abraça forte, que te faz cócegas e depois de 5 minutos longe dela você já está com saudades. Tem aquela pessoa que dança, conta piadas e canta contigo, sem medo de parecer ridícula. Existe outro alguém que é a primeira coisa que te aparece na mente quando você acorda, e é a ultima coisa que você pensa antes de dormir. E tem você, que fica calado, guardando esses pequenos detalhes dentro de si. E o tempo passa... Não somos eternos. Um dia nós partiremos. Para onde? Não sei. Você também não sabe. Só sabemos que tudo o que não falamos, não poderá ser mais falado. Tudo irá se acabar. É inevitável, é um fato. 

          Eu já tive medo das minhas emoções. Mais do que isso, tive medo das pessoas descobrirem elas, delas verem o que sinto. Hoje não é mais assim. Todos os dias acordo e agradeço por tudo o que tenho, por todos que eu amo, mesmo aqueles que não me amam também, ou que não demonstram isso. Para cada pessoa que amo entrego um sorriso. Para cada amor que sinto entrego minha alma, meu coração. Querem parti-lo? Parta-os em quantos pedaços lhes convirem. Eu não tenho medo do amor. Tenho medo de viver sem ele. 

           Sei que quando eu partir muitas pessoas aparecerão, cheias de sentimentos, remorsos e coisas que nunca me disseram. Quando você morrer também será assim, pode ter certeza. Será tarde? Será...

Mas agora ainda dá tempo.

Você ja disse "EU TE AMO" hoje?



PS: Tudo que eu falei dormindo  é uma música da banda Detonautas, composta por Rodrigo Netto (ex-guitarrista da banda). Rodrigo Netto foi assassinado em 2006 após uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro. O clipe abaixo gravado no DVD Acústico de 2009 é uma homenagem ao guitarrista e me emocionou hoje. Eu não tinha visto ainda, e é incrível como a música foi escrita de uma forma que se encaixa depois de sua morte. Como se fosse uma despedida, algo não premeditado mas realizado. Hoje (de fato) essa música me fez chorar. E muito.

PS 2:  Esse post não é uma despedida minha. Não que eu saiba, rs.

6 comentários:

  1. há muito tempo a saudade, e o amor habitou parte de meu ser.


    o que restou, está vivendo uma vida mais ou menos, pelo menos honesta.

    você parece ser sentimental, pode me consertar?
    hahah =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post.. Adorei a música, seu texto muito bom, me fez pensar.. E essa foto?! Adorei também.. Sorte!

    ResponderExcluir
  3. Bela canção!!!!!Letra maravilhosa!!!


    Jéssica, sua saída foi triunfal...srsrsr...''Não que eu saiba''...kkkkkkkkkk...

    Vc é demais!!!

    BJ

    ResponderExcluir
  4. Linda postagem, e é verdade.
    Estava conversando com umas amigas, lembramos que nos conhecemos há quase 3 anos, e parece que foi há um mes! Parei e pensei: como tudo passa rápido!
    E é por isso que digo todos os dias para as pessoas que eu amo, que eu as amo muito!
    Eu abraço minhas amigas, meus pais, meu namorado.
    Encho meus sobrinhos de beijo, aproveito cada momentinho, pq sei se eu deixar passar, eles ñ voltarão mais.

    Adorei Jéssica!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Da primeira vez q olhei a sua foto aí acima, entendi q vc tinha olhos negros. Da segunda vez, entendi q vc tinha sardas (e elas devem ficar mais visíveis nas épocas em q vc toma mais sol, o que, creio eu, quase nunca aconteça, pq imagino q vc não tenha o costume de pegar mto sol para não estragar a pele...). Da terceira vez q olhei a foto, concluí q eu poderia não ter entendido nada direito!

    Às vezes, se o contraste da foto é mto forte, as cores parecem mais escuras do q realmente são. Nesse caso, olhos castanhos escuros podem parecer negros. Mas se há um constraste mais forte, as sardas tb ficam mais visíveis na foto (e não, não pense q sardas sejam defeitos, pelo contrário!)

    Em poucas palavras, isto não é um comentário, mas uma pergunta: Seus olhos são realmente negros? Vc tem realmente essas sardas q aparecem aí na foto?

    ;)

    PS- Já o seu cabelo, é fácil ver q é negro. Tb já notei q as roupas escuras são as q vc prefere qdo quer parecer "mais" bonita. Quem tem a pele mto clara costuma ficar bem com roupas escuras. ;)

    ResponderExcluir
  6. Sábias palavras;

    Esse pensamento é totalmente positivo nos motiva a não perder tempo com o tempo.

    Faz ter a certeza de que a hora é agora.

    ResponderExcluir