Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

     Quem não me conhece pessoalmente deve me achar uma DEPRESSIVA. Deve imaginar uma garota triste, que chora o dia inteiro, que não fala com ninguém, que põe um fone no ouvido e se tranca no quarto fugindo do mundo. Até mesmo quando eu leio meus posts acabo me imaginado asssim. Já quem me conhece deve me achar uma BIPOLAR. Exatamente pelo fato de que eu demostro ser uma pessoa feliz, dou risada frequentemente, conto piadas o tempo todo, canto músicas toscas, brinco feito uma criançona. E as coisas que posto é como meu interior se externando aos poucos. Como um palhaço que faz com que todos riam, mas quando tira sua fantasia e limpa seu rosto pintado possui seus problemas, suas tristezas, suas decepções. Todos temos coisas assim para contar. Porém nem todos têm coragem para isso. Então, nenhuma das impressões acima podem ser totalmente descartadas. Simplesmente eu sou um pouco de tudo isso. E cada vez tenho mais certeza disso. E não me importo. 
Não mesmo!

3 comentários:

  1. E se importar para quê?

    Todos nós temos problemas e quem pousa de perfeito talvez tenha mais abacaxis dos que os que têm coragem para externar os seus!

    Post sincero, reflexivo e corajoso!

    =D

    ResponderExcluir
  2. Te entendo completamente.. Também não deixo transparecer quem eu sou profundamente e mostro isso no meu blog.. Ninguém entende, mais e daí?? Quem se importa??? Bju e muita sorte

    Ps: Não tem nada de terror ali, na verdade é lindo o melhor seriado de toda vida!! FATO#

    ResponderExcluir
  3. seja sempre vc mesma sem medo do que vao achar!!!!!!
    beijos se cuita te sigo aqui Ok...

    ResponderExcluir