Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

vida de sessão da tarde

Não, não vou falar quantas vezes eu passei a tarde assistindo filmes repetidos e fúteis. Vou falar de quantas vezes eu imaginei (e você também, pode assumir!) a minha vida daquela forma: com entregadores de jornais simpáticos, vizinhos que vêm pedir açúcar em sua porta com uma xícara, aquela menininha feia e nerd da escola torna-se popular depois que o menino mais bonito se apaixona por ela, aquele melhor amigo que se apaixona pela amiga e só revela seu amor escondido no final do filme, aquelas famílias unidas que comem panquecas no café da manhã, aqueles bailes de formatura perfeitos em que as meninas são convidadas. Então tenho uma notícia pra você: essa vida NÃO É REAL. Eu demorei muito pra perceber isso, mas consegui. Sei que na minha casa não há entregadores de jornais, que meus vizinhos são fofoqueiros e não falam comigo, eu nunca deixarei de ser aquela menina nerd e feia da escola e nenhum menino se apaixonará por mim (muito menos os populares, rs), minha família não come panqueca no café, na minha escola não tem baile perfeito onde os meninos convidam as meninas para o baile e mesmo que tivesse eu iria sozinha pra ele. Enfim, Lagoas Azuis, Edward mãos de tesoura, bonecos que viram humanos, cachorros que falam, gêmeas pobres e ricas que trocam de lugar, tudo isso não pode ser real. São só filmes, que preenchem, estragam e fazem com que percamos nossa tarde. No meu caso, foi muito mais que isso: foi também a esperança de que um dia alguma coisa interessante e realmente feliz aconteça! Não precisam ser cachorros que falam, nem gêmeas, nem amores eternos. Basta uma coisa pequena.

Mas que seja VERDADE!

2 comentários:

  1. Olá, desde já agradeço a visita em meu blog, as vezes eu vomito algumas coisas que as pessoas acabam se identificando, fico feliz quando alguem reconhece.

    Em relação ao seu post, não quer dizer que não é real, não faz parte da nossa realidade, mas a realidade norte americana é assim mesmo, com direito a todas as panquecas e bacon no café da manhã, o Brasil é um país de terceiro mundo, e não tem o costume de parar, e dedicar um tempo a familia e a uma refeição rica, por esse motivo nossa principal refeição é o almoço, quando la os invejaveis Breakfest, porém é rotina la acordar 5 ou 6 da manhã...

    enfim, cada lugar com suas alegrias e tristezas.

    e todo mundo busca refúgio no imaginário para anestesiar os seu problemas, daí que temos admiração por seres miticos como: "Edward mãos de tesoura" "willy Wonka" "curtindo a vida adoidado" e por aí vc tb ja sabe o que eu quero dizer.

    Obrigado minha nova leitora, tambem me tornei leitor deste blog, até mais.

    ResponderExcluir
  2. E quem nunca viveu em um filme na sessão da tarde né? Do tpw em que agente fica feliz temporariamente... Pra alguns, ficar vivendo os filmes que vê é bom... mas de vez em quando, é bom fazer o próprio filme =P
    xD


    bjaum pinguiiiin


    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir