Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Penso que compreendi o porque de não entender as pessoas. 
Elas são imprevisíveis
Elas podem resolver mudar de vida de uma hora pra outra, têm coragem de cortar o cabelo curto, andar na montanha-russa, se arriscar em 
um novo amor.

Ao contrário (bem contrário) de mim. Eu que sempre faço as mesmas coisas, das mesmas formas, com as mesmas opiniões, aquelas velhas desculpas, aquele velho perfume, aquelas velhas manias. Me sinto tão igual a sempre. Tão monótona para os outros, e para mim mesma. Não entendo por que existem pessoas que ainda gastam tempo comigo, me ouvindo, me dando atenção, tentando fazer com que aquela minha velha rotina se altere. Mas não vai se alterar. Não que eu não queira. E há um tempo penso em excluir meu orkut, meu msn, esse blog, me deligar do mundo. Mas não vai ser isso que resolverá meu problema. Isso não me preencherá e não fará com que eu me sinta menos vazia.
A solução deve ser outra.
Só não sei qual.

2 comentários:

  1. Eu acho que você tem que procurar DEUS dentro de Você!!
    Deus é a única saida para todos os seus problemas,
    colocarei você em minhas ORAÇÕES.

    ResponderExcluir
  2. Que é Deus que te faz entender toda poesia
    E torna mais valiosa a vida
    E prova que ainda dá pra ser feliz
    Apenas atenda quem chama
    E peça que nessa noite Ele te toque e cure toda suas feridas
    E vele o sono e espere acordar
    Amanhã será um novo dia

    ResponderExcluir