Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Gaalereee *-*
Me perdoem por não estar mais escrevendo meus próprios textos, mas meu cérebro tirou férias, hihi. Estou totalmente sem inspiração e paciencia pra escrever uma frase sequer, não sei nem como estas palavras estão saindo. Enfim, estou em um momento: assisto filmes, leio livros e anoto frases. Sou meio paranóica quanto a isso, e sou capaz de levar um caderninho e uma caneta pro cinema pra anotar as melhores frases que os personagens do filme falar. Então, assisti um filme essa semana, que eu queria ter assistido bem antes, no cinema, como uma pessoa digna, mas não deu. Prosseguindo... assisti esse filme e chorei. Esta bem, eu choro até em inauguração de pet shop, rs. O curioso caso de Benjamim Button, foi esse o filme que me arrancou lágrimas, suspiros e reflexões, mais do que qualquer outro que já assisti. E das inumeras aprendizagens que tive com ele, essa foi uma das mais importantes:



"Se quer saber, nunca é tarde demais para ser quem você quer ser. Não há limite de tempo, comece quando você quiser.Você pode mudar ou ficar onde está. Não há regras para esse tipo de coisa. Você pode encarar a vida de forma positiva ou negativa. Espero que encare de forma positiva. Espero que veja coisas que surpreendam você. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com pontos de vista diferentes. Espero que tenha uma vida da qual você se orgulhe. E se descobrir que não tem, espero que tenha forças para começar novamente."




Uma pequena obs:  "Boa noite, Benjamin!"

2 comentários:

  1. Essa eh uma reflexão muito bonita que vc tirou do filme ♥

    ResponderExcluir
  2. Sempre vamos esperar pelos seus posts gata (=

    ResponderExcluir