Se quiser, venha comigo. Vou lhe contar uma história. Vou lhe mostrar uma coisa...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Sempre achei difícil a convivência com pessoas e por maior que seja a quantidade delas que estejam por perto, isso nunca me completou. Não sei como, nem por que mas as que me completam ficam pouco tempo.  É como se eu procurasse algo, que eu não sei o que é, nem onde está mas só isso irá me completar e irá preencher  todo esse vazio. É como se todos os abraços que já me deram, todas as palavras que já me disseram, todos os presentes que já me entregaram, todas as surpresas que já me fizeram, NADA FOI O BASTANTE. E meu único medo é que tudo acabe e eu nunca encontre o que procuro. Não sei se vai demorar, mas espero que esse dia não chegue tarde demais.

2 comentários:

  1. Sentir-se vazio é tão ruim... É como se nada no mundo pudesse alcançar dentro da gente né? Mas uma hora algo ou alguém sempre nos completa... Ou pelo menos prefiro pensar assim...

    ResponderExcluir
  2. : Own amoor eu te amo demaaaais !!
    minha escritora favorita! em vc encontro o meu refúgio ♥

    ResponderExcluir